Todas as dicas de viagem de Lisboa

Confira as principais dicas para ajudá-lo a organizar a sua viagem a Lisboa, a capital portuguesa. Dicas sobre hospedagem, passagens aéreas, seguro viagem, passeios, compras, pontos turísticos,  vida noturna e tudo que você precisa saber para planejar sua viagem a Lisboa.

Dicas para uma viagem a Lisboa - Praça do Comércio

E se você está planejando viajar para lá, não deixe de conferir também as dicas imperdíveis de como economizar muito em sua viagem a Lisboa e Portugal. São dicas muito boas, que valem a pena, e vão fazer você economizar muito em todo o planejamento da viagem e quando estiver lá. Sua viagem à Portugal vai sair mais barata do que imaginava e você poderá gastar mais para aproveitar ainda mais sua viagem.

1. Dicas de quando viajar para Lisboa

A capital de Portugal é um dos destinos internacionais mais escolhidos pelos turistas brasileiros para passar férias. Com um clima ótimo e bem definido, de invernos curtos e verões longos, Lisboa acaba sendo uma cidade super atraente durante todo o ano para passeios ao ar livre, curtir a beleza histórica de seus prédios, observar a cidade através de seus mirantes e se divertir na vida noturna lisboeta.

Como o clima em Lisboa é muito bom durante todo o ano, não existe uma época perfeita no que diz respeito ao clima, mas a melhor época para quem quer aproveitar todas as atrações de Lisboa é em abril, maio, junho, julho, agosto e setembro, cujo tempo é sempre ensolarado e os dias são mais longos devido ao horário de verão.

Quando é alta temporada em Lisboa?

A alta temporada em Portugal ocorre no verão, entre os meses de junho, julho e agosto, e no inverno, entre os meses de dezembro e janeiro. Durante esses meses, as passagens aéreas e hotéis ficam mais caros em toda a Europa, já que abrangem as férias escolares e as festividades de fim de ano.

Por isso, há muito mais turismo na cidade nessa época, e tudo fica mais cheio e caro. Se quiser pegar os lugares mais tranquilos e não gastar tanto, tente viajar em meses de baixa temporada, onde tudo é mais barato e mais vazio.

Eventos e feriados que acontecem nessas épocas:

  • 01/01: Ano Novo (feriado)
  • Todo o mês de junho: Arraiais em Lisboa
  • 10/06: Dia de Portugal (feriado)
  • 11/06: Corpo de Deus (feriado)
  • 13/06: Festa de Santo António em Lisboa
  • Determinadas datas do mês de julho: Mercado Medieval de Óbidos
  • Festivais de julho: julho é um mês cheio de festivais, especialmente de música, já que é verão. Alguns deles são o Nos Alive, o EDP CoolJazz- Cool Energy e o Super Bock Super Rock
  • 15/08: Assunção de Nossa Senhora (feriado)
  • 01/12: Restauração da Independência (feriado)
  • 08/12: Imaculada Conceição (feriado)
  • 25/12: Natal (feriado)

Verão em Lisboa

Meses de baixa temporada em Lisboa

Os meses de baixa temporada acontecem durante a primavera e outono, basicamente, depois do verão e depois das festividades do fim de ano. O outono é mais chuvoso, mas as temperaturas são agradáveis para passear, assim como acontece na primavera, quando as temperaturas começam novamente a esquentar e os passeios ao ar livre são bem-vindos.

Apesar de Lisboa ser uma cidade que recebe turistas durante o ano inteiro, nessas épocas a cidade fica mais calma, e você pode visitar todos os pontos turísticos com mais tranquilidade e sem filas.

Eventos e feriados que acontecem nessas épocas:

  • 10/04: Sexta-feira Santa (feriado com data móvel)
  • 12/04: Páscoa (feriado com data móvel)
  • 25/04: Dia da Liberdade (feriado)
  • 01/05: Dia do Trabalhador (feriado)
  • 05/10: Implantação da República (feriado)
  • Mês de outubro: durante todo o mês, é temporada de surf no país, especialmente em Nazaré
  • Datas selecionadas de outubro: Folio Festival, o festival literário de Óbidos
  • 01/11: Todos os Santos (feriado)

Eletrico 28 em Lisboa

Para ajudá-lo no planejamento da viagem, separamos também outras matérias relacionadas a esse assunto:

2. Dicas para a hospedagem em Lisboa

Outra dica para uma viagem a Lisboa é saber como escolher a sua hospedagem. E para isso há dois itens essenciais: local de hospedagem e tipo de hospedagem.

  • Como escolher onde ficar em Lisboa:

A melhor região para ficar em Lisboa, se você busca conhecer os principais pontos turísticos da cidade, é o centro. Ele abriga uma boa parte dos hotéis da cidade, com opções que vão desde hostels até hotéis de 5 estrelas, mas normalmente seus preços são um pouco mais caros do que os das demais regiões, justamente por estar perto de todos os pontos turísticos e movimento de turistas e residentes de Lisboa.

O investimento vale a pena principalmente para quem tem pouco tempo de viagem, já que ficará hospedado perto de dezenas dos principais pontos turísticos. Neste caso, se hospede em locais como o Bairro Alto e Chiado.

Região do centro de Lisboa - vista

Se quiser ver melhor onde é essa região e quais os hotéis que ficam por lá, clique aqui. Um mapa mostrando todos os hotéis dentro dessa região abrirá, já com um filtro que mostra apenas hotéis com nota 8 para cima, o que vai garantir uma hospedagem elogiada. Basta colocar a data da sua viagem para já ver os preços e escolher o seu. Ficando dentro desta linha laranja que mostra no mapa, não tem erro.

  • Escolher o tipo de hospedagem em Lisboa:

A segunda dica é escolher que tipo de hospedagem você quer para a sua estadia em Lisboa: hostel, hotel, hotel de luxo ou até casas próprias, como Airbnb. A gente sempre recomenda ficar em hotel, porque assim você não tem que ter muito trabalho durante as férias e consegue aproveitar bem a viagem. Por isso, recomendamos utilizar o Pesquisador de Hotéis em Lisboa. Nós sempre usamos ele, pois é o maior site de reservas de hotéis do mundo (além de também ter pousadas, hostels e hotéis para todos os gostos e bolsos).

Mapa da melhor região: centro de Lisboa

Dica do cancelamento grátis: uma outra dica muito boa é que esse buscador tem uma parceria fortíssima com os estabelecimentos e eles oferecem cancelamento grátis com quase todos os hotéis. Isso é ótimo, pois o fator que mais vai fazer você economizar na hospedagem é a antecedência. Essa é a dica mais importante.

Quanto antes você fizer a reserva, pode ter certeza que mais barato irá pagar. Então você pode já reservar o seu hotel, para garantir o menor preço, e se depois achar um melhor ou não quiser ficar nele, é só cancelar.

  • Hotel em que nos hospedamos na última viagem:

Hotel Santa Justa: é o hotel em que ficamos na nossa viagem a Lisboa. Achamos EXCELENTE e a localização é sensacional

Hotel Santa Justa

3. Dicas para fazer um seguro de viagem para Portugal

O Seguro Viagem Internacional, é obrigatório para entrar em Lisboa, Porto, Portugal ou qualquer lugar da Europa. Apesar de ser obrigatório, dá para economizar muito fazendo o seu seguro. Vamos mostrar aqui onde fazer o seu pelo menor preço. Só preste atenção em um item: para entrar na Europa, você é obrigado a ter um Seguro Viagem com cobertura mínima de 30 mil euros em assistência médica. Então escolha o seu seguro levando essa regra em consideração.

Lisboa - pôr do Sol e vistas

Nós sempre usamos esse Comparador de Seguro Viagem que é incrível e pesquisa todos os seguros viagens em todas as principais empresas da Europa e você ainda pode parcelar no cartão em até 12 vezes. Em menos de um minuto você tem o orçamento de todos os seguros viagens na sua frente e já pode contratar o seu na hora. Não dá para deixar de fazer um, mas dá para economizar bem e conseguir um bom preço.

  • Nós recomendamos a Travel Ace, Assist Card, Affinity, Travel Assist, GTA, Green Card e SulAmerica, que são as empresas que já contratamos o seguro, são líderes mundiais e têm escritórios no mundo todo e atendimento aqui no Brasil.

Miradouro Nossa Senhora do Monte

4. Dicas para se locomover em Lisboa

  • De carro:

Uma dica que vai fazer você economizar muito em Portugal é o aluguel do carro. A maioria dos brasileiros que viaja para lá aluga um carro para poder visitar os pontos turísticos da cidade, ir até os outlets e shoppings tendo um porta malas, e para conhecer as cidades vizinhas (Fátima ou até Porto). A viagem pelo Algarve também é linda. E dá para economizar muito com algumas dicas.

Economizando muito no aluguel de carro em Portugal

Reserve seu carro com antecedência

Faça a sua reserva online o quanto antes, pois outra dica para economizar e conseguir um carro barato é reservar com a maior antecedência possível e pela internet. Quanto antes você reservar, mais barato vai pagar. Vale muito a pena e você economiza bem com promoções, pagando muito mais barato em comparação a alugar lá na hora.

Não alugue um GPS em Portugal

Outra dica legal para economizar ainda mais é não alugar o GPS e, em vez disso, usar o GPS do seu celular (você pode ver as nossas dicas de uso de celular em Portugal que vamos dar aqui nessa matéria ainda. Vale a pena, pois você economizará bons euros do aluguel do GPS e ganhará um chip para usar o celular à vontade na Europa).

Economizando muito no aluguel de carro em Portugal

Use os incríveis comparadores de preços

Existem dois comparadores de preços de aluguel de carros em Portugal (e toda Europa) que são sensacionais e fazem uma pesquisa em todas as maiores locadoras de carros de lá, encontrando os melhores preços e promoções excelentes. Por serem os maiores comparadores do mundo, eles têm parcerias e preços imbatíveis com as locadoras. Já chegamos a economizar muito em um aluguel de carro em Lisboa que íamos fazer com uma agência e achamos o mesmo carro da mesma empresa muito mais barato no comparador. Utilize os dois e veja qual vale mais a pena para economizar ainda mais.

Comparador de preços 1: Maior comparador do Brasil e você pode parcelar em até 12 vezes sem juros e não paga o IOF de 6%, pois o pagamento é feito em reais.

Comparador de preços 2: Maior comparador do mundo, tem mais empresas em sua busca, mas o pagamento não pode ser parcelado, pois é feito em dólar. Mas como ele acha preços mais baixos que o outro muitas vezes, vale a pena conferir também.

Mais dicas: Prefira as locadoras maiores e de confiança, como a Alamo, Europcar, Hertz, Dollar, Budget e Avis. Faça o seguro básico na hora da reserva, que é super importante e geralmente já está incluso no preço, mas não caia na pegadinha das empresas, que na hora da retirada do carro, ficam tentando empurrar um seguro extra, que não vale a pena. Com todas essas dicas e os comparadores, você consegue economizar até 200 euros no aluguel. E você só precisa da carteira de motorista brasileira para poder dirigir lá.

  • De transporte público:

Se a sua ideia é se locomover em transporte público em Lisboa, saiba que ele é ótimo. Embora o metrô de Lisboa não tenha muitas linhas como em outras cidades grandes, há várias opções, como ônibus, os famosos bondinhos (chamados de elétricos) e os elevadores que ajudam as pessoas a subir as enormes colinas.

Leia nossa matéria sobre como garantir os bilhetes de transporte público em Lisboa.

Elétrico em Lisboa

  • Passeio em ônibus hop-on-off em Lisboa:

Se você tem poucas horas na cidade de Lisboa e quer conhecer os principais pontos turísticos, pode valer a pena comprar o passeio de ônibus turístico. Esse meio de transporte, chamado de Lisboa Sightseeing, opera com três rotas que param nos principais pontos da cidade – pontos esses em que você pode descer do ônibus ou subir para ir para o próximo ponto. Todas as linhas partem do Marquês do Pombal, e a frequência de cada ônibus das linhas é de 30 minutos, das 9h30 às 17h.

Ônibus Lisboa Sightseeing

  • Viagens de trem:

Outra dica sobre transporte é aproveitar o excelente sistema ferroviário que Portugal possui. Com ele, você consegue visitar outras cidades portuguesas, como Porto, Aveiro, Coimbra, Braga, entre outras.

Saiba também que os trens na Europa são um meio de transporte muito comum, ótimos, rápidos e muito confortáveis. É uma forma de economizar tempo e dinheiro, se comparado aos embarques aéreos.

Viagem de trem em Portugal

Para encontrar boas passagens, com preços excelentes, basta usar esse Pesquisador de trens da Europa. É o maior site de passagens de trem do mundo, e ele faz uma pesquisa com todas as melhores empresas de trem de Portugal e da Europa para mostrar as melhores opções. Nós sempre fazemos nossas reservas por lá, pois eles sempre têm os melhores preços da internet, além de que o sistema de busca é super bom, fácil, e o mais confiável do mundo para reservas de trem.

  • Transfer desde e para o aeroporto:

Uma dica que achamos importante dar, para quem não for alugar um carro, nem gastar muito com táxis, é que o melhor jeito de ir do aeroporto até o hotel, e vice e versa, é de transfer. O transfer acaba saindo mais barato do que o táxi, é muito mais seguro e você não precisa esperar em filas e correr o risco de perder tempo procurando um. E infelizmente em toda cidade turística, sempre tem relatos de turistas sofrendo golpe dos taxistas, que cobram muito a mais ou fazem percursos muito maiores. O que é super desagradável, claro.

Transfer desde e para o aeroporto

Esse site aqui é o que sempre encontramos os transfers mais baratos e um dos únicos que você pode fazer a compra já em reais. Você não paga as taxas internacionais e IOF que pagaria lá em Portugal ou em outro site. Depois dá uma olhada lá que é bem legal. Nós gostamos bastante. E o legal é que também é o lugar que vende os passeios e os ingressos pelo menor preço. Você já pode comprar tudo em um único lugar, pois facilita muito.

  • Pesquisador de trajetos para achar a forma mais barata de se locomover:

Uma dica muito legal para você ver todas as opções de transporte de uma cidade a outra, e poder escolher e mais barata, é usar esse pesquisador de trajetos. É um site sensacional que mostra todas as opções de transporte entre uma cidade e outra. Ele pesquisa todas as opções de avião, trem e ônibus, e você pode comprar a que for melhor e mais barata para sua viagem. Os preços são mais baratos do que em qualquer outro lugar, e o site é líder nesse serviço na Europa, mostrando apenas empresas que são de confiança e consolidadas por lá.

Trajeto Lisboa - Setúbal

5. Dicas para conhecer bem Lisboa

A melhor forma de conhecer a Lisboa, independente de se tem 3 ou 7 dias para a cidade, é separar um dia por bairro/zona e ir conhecendo seus pontos turísticos. Lisboa é uma cidade grande e para não perder muito tempo em locomoção e de um lado para o outro, separar os pontos turísticos por regiões é a melhor forma de conhecer a cidade.

Alfama em Lisboa

Outra dica, é pensar quantos dias quer ficar na cidade e conferir as matérias sobre roteiros diários que preparamos para que tenha uma viagem toda planificada e com boas dicas. Veja alguns:

O que fazer em Lisboa:

1. Visitar o Castelo de São Jorge em Lisboa

Um ponto turístico histórico é o Castelo de São Jorge. Erguido para proteger a cidade dos romanos há centenas de anos, a belíssima construção fica em uma área alta de Lisboa, da qual se tem uma vista espetacular da cidade. Uma das torres do Castelo de São Jorge, inclusive, tem mais de 100 metros de altura e oferece uma vista inigualável da cidade.

Era nessa torre que antigamente ficavam guardados os tesouros da família real. O castelo é um lugar histórico muito bonito em qualquer hora do dia. Mesmo que você vá ao anoitecer, há luzes que iluminam todo o Castelo de São Jorge, deixando o ponto turístico ainda mais bonito.

Castelo de São Jorge em Lisboa

2. Ir a pelo menos um miradouro de Lisboa

Existem dezenas de miradouros em Lisboa, que nada mais são do que pontos mais altos da cidade, com lindas vistas. Mesmo que você tenha pouco tempo de viagem, vale a pena visitar ao menos um deles! Os principais são o Miradouro de Santa Luzia e o Miradouro de Santa Catarina em Lisboa, que sempre têm gente, mas há outros ótimos como o Miradouro da Senhora do Monte em Lisboa e os vários outros da região de Alfama.

Miradouro de Santa Luzia

3. Fazer um passeio pelo Bairro Chiado de Lisboa

Reserve uma parte do seu dia para caminhar pelo belo Bairro Chiado, considerado junto com o Bairro Alto, um dos bairros mais boêmios da capital portuguesa, cheio de bares, restaurantes, cafés, lugares históricos e belos prédios. O Chiado está localizado entre os bairros da Baixa Pombalina e Bairro Alto, no coração de Lisboa. O lugar sempre teve seu charme por ser um reduto de artistas, poetas, escritores e intelectuais de Lisboa.

Fazer um passeio pelo Bairro Chiado de Lisboa

Hoje, o Chiado é um dos pontos mais visitados pelos turistas que buscam conhecer famosos pontos do bairro como a ancestral Livraria Bertrand, aberta desde 1732, o centenário Café à Brasileira, onde está a estátua de Fernando Pessoa, os Armazéns do Chiado, a Praça Luís de Camões e o Museu de São Roque, que é um dos mais antigos de Lisboa com um acervo rico em arte sacra.

4. Tirar fotos na Praça do Comércio de Lisboa

A Praça do Comércio, também conhecida como Praça Terreiro do Paço, é a praça mais famosa da Baixa de Lisboa, localizada bem ao lado do Rio Tejo, onde era o antigo palácio dos reis de Portugal. Só para se ter uma ideia, a praça é uma das maiores da Europa, medindo 180 m x 200 m, e já foi utilizada como residência do rei Manuel I, juntamente com a sua biblioteca com mais de 70.000 volumes. É um local histórico e por onde você tem que passar durante a viagem.

Praça do Comércio de Lisboa

5. Passar pelo Arco da Rua Augusta

O Arco da Rua Augusta em Lisboa é um monumento super importante para a cidade, e um dos cartões-postais mais famosos de lá. Ele fica localizado na Praça do Comércio/Terreiro do Paço, e é um dos locais mais visitados de toda a cidade. Hoje em dia é possível até subir à parte superior e admirar a vista da praça, da cidade e do Rio Tejo. Passe por ele e garanta algumas das melhores fotos da viagem!

Arco da Rua Augusta

6. Subir no Teleférico de Lisboa

Se você quer avistar Lisboa do alto, a dica é ir ao Teleférico de Lisboa, um dos pontos turísticos mais famosos da capital de Portugal. O Teleférico de Lisboa é conhecido também como Teleférico do Parque das Nações ou Teleférico da Expo. É um passeio curto, dura cerca de 8 minutos com um pouco mais de 1 km, mas muito bonito. Tente colocar ele na sua lista do que fazer em Lisboa, pois nele pode-se ter uma vista deslumbrante da cidade, sendo possível ver o Rio Tejo, o Parque das Nações, o Oceanário de Lisboa e outros pontos turísticos.

Subir no Teleférico de Lisboa

Aliás, visite o Parque das Nações e ande no teleférico ao fim da tarde, pois a vista do Sol se pondo deixa Lisboa ainda mais bonita. Depois do passeio, na mesma área do Parque das Nações, há diversas opções de bares, restaurantes e lojas para você visitar.

7. Visitar uma vinícola perto de Lisboa

Uma passeio legal e muito bonito, que não pode ficar fora da lista de o que fazer em Lisboa, é a visita a alguma vinícola perto de Lisboa. O centro turístico não tem nenhuma vinícola, mas em cidades perto de lá há várias opções legais – e a viagem de carro até elas é super rápida e super bonita. Para quem gosta de vinho vale muito a pena. Na matéria de vinícolas de Lisboa damos uma lista com as vinícolas mais próximas e de melhor vinho, então não se esqueça de conferir e anotar na lista de passeios quando for viajar para a capital.

Vinícola Lisboa

8. Torre de Belém em Lisboa

A Torre de Belém em Lisboa é o cartão-postal da cidade e não deve ficar de fora da lista do que fazer em Lisboa. Situada às margens do Rio Tejo, a torre já serviu como forte, prisão, alfândega e farol. Ela foi construída há mais de 500 anos, e até hoje é um dos pontos turísticos mais visitados de Portugal.

A dica para quem não quer gastar para conhecer e Torre é ir no primeiro domingo de cada mês, quando a entrada é gratuita. Mas atenção: chegue cedo, pois o local é disputado nesse dia! Não se esqueça de levar sua câmera fotográfica quando for à Torre, pois o cenário é simplesmente maravilhoso.

Mais abaixo vamos dar também dicas de onde comprar os ingressos para ela e outras atrações, da forma mais cômoda e barata.

Torre de Belém de Lisboa

9. Mosteiro dos Jerónimos de Lisboa

Outro ponto turístico super bacana em Lisboa e que você não pode deixar de visitar é o histórico Mosteiro dos Jerónimos. O Mosteiro dos Jerónimos foi idealizado em 1496, pelo rei Dom Manuel I, que pediu à Santa Sé autorização para construí-lo.

A construção levou mais de 90 anos para ficar pronta e depois da inauguração, o Mosteiro dos Jerónimos se tornou um dos maiores de Portugal. Hoje, o Mosteiro dos Jerónimos serve como descanso para Dom Manuel I e seus descendentes na capela-mor da Igreja e capelas laterais ao mosteiro.

Mosteiro dos Jerónimos de Lisboa

10. Rio Tejo em Lisboa

É bastante interessante ver a ligação que os moradores de Lisboa têm com o Tejo, um rio muito querido e que já foi homenageado em músicas e poemas. Não deixe de caminhar na calçada à beira do rio, ou até fazer um passeio de barco pelo Rio Tejo, para passar pelas pontes que ligam a cidade, e também para ter uma perspectiva diferente de Lisboa . Há diversos passeios e cruzeiros que se fazem pelo Tejo, alguns com direito a jantares à luz de velas.

Rio Tejo em Lisboa

Aliás, na principal ponte, a 25 de Abril, há um elevador com uma vista linda para o rio. Se tiver tempo, aproveite para conhecer Lisboa de um ponto de vista diferente!

11. Padrão dos Descobrimentos em Lisboa

Outro ponto turístico que fica ao lado do Rio Tejo e é um dos mais históricos monumentos com alusão às navegações portuguesas é o Padrão dos Descobrimentos. O monumento tem 56 metros de altura e conta com 32 personagens que retratam os navegantes, como o próprio Infante Dom Henrique, Bartolomeu Dias, Fernão de Magalhães, Vasco da Gama, Lís de Camões, a rainha Filipa de Lencastre, Gil Eanes, o rei Afonso V de Portugal, Pedro Álvares Cabral e muitos outros que fazem parte da história mundial.

O bacana é que você pode subir até o topo do monumento e ter uma vista incrível de Lisboa.

Padrão dos Descobrimentos em Lisboa

12. Estádio da Luz do Benfica

Outra dica do que fazer em Lisboa é conhecer o Estádio da Luz, o principal estádio de futebol do país e casa do Benfica, um dos mais populares times de Portugal. O estádio recebeu o apelido carinhoso de “A Catedral” pelos torcedores do Benfica e está localizado no coração de Lisboa.

O passeio para visitar o majestoso Estádio da Luz em Lisboa e seu Museu é obrigatório, principalmente para quem gosta de futebol e se interessa em conhecer as histórias dos times. Na entrada do estádio há uma estátua do maior ídolo futebolístico de Portugal, o Eusébio.

Estádio da Luz em Lisboa

13. Oceanário de Lisboa

Outra dica de ponto turístico é o fantástico Oceanário de Lisboa. Localizado no Parque das Nações, o Oceanário de Lisboa foi construído em 1998 para a Expo mundial que ocorreu naquele ano na capital de Portugal e se tornou um dos principais pontos turísticos da cidade.

O lugar conta com aproximadamente 30 aquários com mais de 500 espécies de vida marinha de todas as partes do mundo distribuídas em mais de 22 mi metros quadrados. Ele é considerado o segundo maior oceanário do planeta, com tubarões, raias, peixes de todas as espécies e cores, lontras, pinguins, aves e muito mais.

Oceanário de Lisboa

14. Jardim Zoológico de Lisboa

Inaugurado em 1844, o Jardim Zoológico de Lisboa foi o primeiro parque da Península Ibérica com fauna e flora. O legal ainda sobre este atrativo é que muitos animais vieram da África e do Brasil, contribuindo para que tivesse uma vasta e diversificada coleção de animais.

Atualmente, o parque conta com cerca de 2000 animais – divididos em aproximadamente 330 espécies. O zoo abriga também um hospital veterinário – que foi considerado o melhor da Europa pela Associação Europeia de Zoos e Aquários, além de um pet hotel.

Criança em Jardim Zoológico de Lisboa

15. Palácio Nacional da Ajuda em Lisboa

O edifício neoclássico do Palácio Nacional da Ajuda em Lisboa data da primeira metade do século XIX.  A Família Real Portuguesa morou neste palácio desde o reinado de D. Luís I (1861-1889) até o final da Monarquia, em 1910.

Em 1862, a rainha D. Maria Pia de Sabóia reformou o Palácio adaptando-o para aqueles tempos. Anos depois, quando foi instaurada a República e exilada a família real, em 1910, a construção deixou de ser utilizada, sendo reaberta em 1968 para virar museu.

Interior do Palácio da Ajuda em Lisboa

O Palácio conserva até hoje, de um modo fidedigno, a disposição e decoração das salas ao gosto do séc. XIX, com coleções de ourivesaria, tapeçaria, mobiliário, vidro e cerâmica, pintura, gravura, escultura e fotografia.

Este é aquele tipo de lugar que você vai e faz uma verdadeira viagem no tempo. Além do museu que ocupa a maior parte do monumento, também estão alojados ali a Biblioteca Nacional da Ajuda, o Ministério da Cultura e o Instituto dos Museus e da Conservação (IPM).

16. Panteão Nacional em Lisboa

O Panteão Nacional destina-se a homenagear e a perpetuar a memória dos cidadãos portugueses que se distinguiram por serviços prestados ao País, no exercício de altos cargos públicos, altos serviços militares, na expansão da cultura portuguesa, na criação literária, científica e artística ou na defesa dos valores da civilização, em prol da dignificação da pessoa humana e da causa da liberdade.

Panteão Nacional visto de longe

As personalidades homenageadas com um memorial no Panteão são: Afonso de Albuquerque, D. Nuno Álvares Pereira, Infante D. Henrique, Pedro Álvares Cabral, Vasco da Gama e Luís de Camões. Entre as pessoas que estão sepultadas, temos personalidades de diversas profissões, como: atriz, fadista, Presidente da República, escritor e jogador de futebol.

  • São eles: Eusébio da Silva Ferreira, Amália Rodrigues, Sophia de Mello Breyner Andresen, João De Deus Humberto Delgado, Aquilino Ribeiro, Guerra Junqueiro, Almeida Garrett, Sidónio Pais, Óscar Carmona, Manuel de Arriaga e Teófilo Braga.

17. Ver o Santuário Nacional do Cristo Rei em Almada

Localizado na margem sul de Lisboa, do outro lado do Rio Tejo, o Santuário Nacional do Cristo Rei abriga um “Cristo Redentor” como o do Rio de Janeiro. Trata-se de um importante monumento e um ponto turístico muito legal para visitar, em que você pode até subir para ter uma vista privilegiada da cidade. Entrando no monumento ao Cristo, verá também uma sala dedicada ao Papa Beato João XXIII e uma Capela de Nossa Senhora da Paz.

Santuário Nacional do Cristo Rei em Almada

18. Viajar até Sintra

Sintra é uma das vilas mais bonitas de Portugal, cheia de pontos turísticos incríveis e que remete a outra época da história. Como fica perto da capital portuguesa, fazer um bate e volta de Lisboa a Sintra é muito fácil e um dos principais meios que os turistas têm de conhecer a tão esperada vila. Aqui você encontra palácios e castelos maravilhosos (como o Castelos dos Mouros e o Palácio da Pena), além de um centrinho turístico simpático e com muitas casas antigas.

Sintra, Portugal

19. Viajar até Cascais

Cascais fica apenas a 30 minutos de carro de Lisboa e conta com um centrinho lindo e praias incríveis. A cidade sempre foi um destino de veraneio dos mais ricos, inclusive a família real portuguesa costumava passar o verão lá. Hoje em dia, é moradia de muitas pessoas que trabalham em Lisboa, mas que preferem ficar em um lugar mais tranquilo e pertinho do mar.

É uma cidade onde o mar não é apenas lazer, mas também trabalho para pescadores e quintal para os esportistas que se aventuram em esportes aquáticos. Lá você verá fortificações, edifícios antigos, uma vila simpática e muito mais.

Centro de Cascais

Conhecer os museus em Lisboa

Outra dica de passeios e lugares a visitar na cidade são os museus de Lisboa que se têm uma boa variedade, dedicando-se a diferentes temáticas e gêneros: arte, história, antiguidades, desenho, carruagens, entre outros. Veja abaixo os principais museus da cidade:

1) Museu Nacional de Arte Contemporânea

O Museu Nacional de Arte Contemporânea, também conhecido como Museu do Chiado, teve sua inauguração em 1911, e em 1994 foi totalmente reformado. Hoje, o Museu Nacional de Arte Contemporânea conta com um acervo belíssimo com pinturas, desenhos e esculturas de arte portuguesa, com obras do século XIX até os dias de hoje, passando pelos períodos romântico, naturalista e modernista.

O Museu do Chiado está aberto de terça a domingo, das 10h às 18h, e no primeiro domingo de cada mês a entrada é gratuita.

Museu Nacional de Arte Contemporânea / Museu do Chiado

2) Museu Nacional dos Coches em Lisboa

O Museu Nacional dos Coches ou Museu das Carruagens foi aberto ao público em 1904 e hoje é um dos museus mais interessantes de se visitar em Lisboa. Localizado no antigo Palácio Real de Belém, ele é muito interessante para todos os públicos.

Tem objetos expostos datados do século XVII ao século XIX, como carruagens reais, liteiras, selas, arreios, fardamentos de armaria, gala e acessórios de cortejo e carrinhos de bebê, sendo a maior coleção do mundo do gênero. O Museu Nacional dos Coches está aberto de terça a domingo, das 10h às 18h.

Museu Nacional dos Coches em Lisboa

3) Coleção Berardo de Arte Moderna e Contemporânea

Outro museu com um acervo composto de arte contemporânea é o Museu Coleção Berardo de Arte Moderna e Contemporânea, que possui milhares de obras do século XX, de importantes artistas que são mundialmente conhecidos como Francis Bacon, Andy Warhol, Picasso, Marcel Duchamp, Piet Mondrian, Kasimir Malevich, Richard Serra, Fernando Botero, Mario Merz, Alexander Calder, Henry Moore e outros. O Museu Coleção Berardo de Arte Moderna e Contemporânea está aberto todos os dias das 10h às 19h.

Coleção Berardo de Arte Moderna e Contemporânea

4) Museu Nacional do Traje

A quarta dica dos mais famosos museus da capital de Portugal, Lisboa, é o Museu Nacional do Traje que possui um acervo com mais de 30 mil peças, desde trajes de vários séculos como também tecidos, acessórios e brinquedos pertencentes à Casa Real. O museu fica em um belo edifício, que era o antigo Palácio do Monteiro-Mor na freguesia de Lumiar. Os horários do museu e do parque botânico são de terça a domingo das 10h às 18h (última entrada às 17h30 min). No primeiro domingo de cada mês a entrada é gratuita.

Museu Nacional do Traje

5) Museu Calouste Gulbenkian

O Museu Calouste Gulbenkian é considerado um dos melhores museus da Europa. Ele conta com mais de 6 mil obras entre antiguidades e arte moderna, especialmente com pinturas, joias, artes decorativas, esculturas e painéis de arte do antigo Egito, greco-romana, da Mesopotâmia, islâmica, arte oriental e europeia distribuídas em um prédio bem moderno.

Entre os artistas com obras expostas no Museu Calouste Gulbenkian estão: Cima da Conegliano, Degas, Rubens, Rembrandt, Rodin, Carpeaux, Houdon, Renoir, Vittore Carpaccio, Van Dyck, Édouard Manet, Henri Fantin-Latour, Claude Monet e muito mais. O museu está aberto das 10h às 18h, das quartas aos domingos.

Museu Calouste Gulbenkian

6) Museu da Cidade em Lisboa

Museu da Cidade abrange desde a pré-história até o século XIX. Seu espaço é dividido cronologicamente para que o visitante possa descobrir a história da cidade desde seus primórdios, e seguindo uma ordem. O museu possui um acervo muito interessante, vasto e diversificado, que tem artefatos como arquivos históricos, pinturas, desenhos, cerâmicas, gravuras, azulejos e objetos arqueológicos. Ele costuma funcionar de terças e domingos, das 10h às 18h.

Museu da Cidade em Lisboa

7) Museu Nacional do Azulejo

Um dos símbolos de Portugal são suas construções que utilizam azulejos como forma de decoração, sendo os mais tradicionais aqueles azuis e brancos que tanto se vê nas fachadas. Por isso, nada melhor que uma visita a um museu dedicado ao azulejo, para entender mais sobre esta arte e tradição.

No acervo do Museu Nacional do Azulejo, distribuído por dois andares, encontram-se peças lindas e suntuosas, com destaque para um painel de azulejos que representa Lisboa antes do terremoto de 1755. Ele também funciona de terças e domingos, das 10h às 18h.

Museu Nacional do Azulejo em Lisboa

8) Museu de Arte e Arquitetura de Lisboa – MAAT

O MAAT, como é conhecido o Museu de Arte e Arquitetura de Lisboa, é um dos lugares mais procurados pelos turistas e portugueses, seja pelas exposições, localização agradável junto ao rio Tejo, ou por ser um ótimo lugar para passear, por conta de sua estrutura. O MAAT abriga três áreas: arte, arquitetura e tecnologia. É um dos museus de Lisboa imperdíveis, e funciona de quartas a domingos, das 11h às 19h.

Museu MAAT em Lisboa

9) Museu do Fado em Lisboa

Conheça também o incrível Museu do Fado, que conta a história e curiosidades dessa tradição musical tão portuguesa. Ele fica localizado no Bairro de Alfama, berço deste estilo musical característico e nostálgico, que até hoje se ouve e se produz.

Durante a visita à exposição permanente, você poderá encontrar vários objetos ligados ao fado, desde instrumentos a troféus e discos, bem como quadros em homenagem à cantiga portuguesa e obras de diversos artistas portugueses.

Museu do Fado em Lisboa

Conhecer as praias próximas de Lisboa

Lisboa é uma cidade situada entre o rio Tejo e o oceano, e a única capital europeia com praias atlânticas. Sua costa tem uma variedade gigantesca de praias para todos os tipos de gostos, assim como o nordeste brasileiro, que tem várias praias diferentes só dentro da Bahia, por exemplo. Conheça alguma delas:

1) Praia da Figueirinha

Praia da Figueirinha fica a oeste de Setúbal, uma cidade ao sul de Lisboa. Tem um comprimento de 350 m e largura de 30 m e é uma praia que fica inserida no Parque Natural da Arrábida, sendo por isso um lugar muito calmo e protegido. É uma praia que é muito procurada pela tranquilidade de suas águas e areal muito extenso, ideal para famílias e para quem quer privacidade e ficar longe de toda a muvuca. No entanto, durante o verão, é uma praia bastante concorrida. Além da beleza da praia, conta com vistas para Tróia e para o Portinho da Arrábida, que fica à sua direita. Conta com restaurante, banheiros, toldos e aluguel de cadeiras e guarda-sóis.

Praia da Figueirinha

2) Praia de Carcavelos

Praia de Carcavelos é a primeira praia oceânica após o a foz do Rio Tejo, pertencendo à costa do Estoril, na cidade de Cascais. A Praia de Carcavelos, durante o inverno, conta com ondas boas para a prática do surf. Já no verão, a ondulação é bem mais tranquila. É um lugar muito turístico, pois nessa praia é onde se faz a tradição anual de tomar o primeiro banho do ano desde 1950. Ela possui o maior areal da região do Estoril, onde são disputados vários campeonatos de vôlei e futebol. Conta com duchas, bar, acesso a cadeirantes, estacionamento, banheiros e socorrista.

Praia de Carcavelos

3) Praia de São Pedro do Estoril

Praia de São Pedro do Estoril é uma praia também na região do Estoril-Cascais e fica protegida por uma grande falésia que fica ao lado da Estrada Marginal, onde se vêm muitos praticantes de pesca à linha. O mar tem uma boa ondulação para o surf, sendo referência por sua longa direita que quebra na Ponta do Sal. Mas também muito procurada por turistas e praticantes de bodyboard. O fundo é de areia e pedra, o que se torna perigoso para os menos experientes. Conta com bons serviços, como bar, chuveiros, estacionamento, banheiros, toldos, socorristas e acesso a cadeirantes.

Praia de São Pedro do Estoril

4) Praia da Cresmina

Também conhecida como Pequena do Guincho, a Praia da Cresmina é famosa por suas dunas e falésias, que variam graças ao vento tão típico de lá. É a praia mais paradisíaca e com a beleza natural mais diferente de Lisboa. Fica no Parque Natural Sintra-Cascais e conta com um extenso areal, excelente para caminhadas e para que as crianças brinquem e corram. Conta com restaurante, bar e um bom acesso ao areal tanto por rampa quanto por escadas. É nessa praia que se encontram os melhores restaurantes de marisco.

Praia da Cresmina

5) Praia das Maçãs

Praia das Maçãs fica em Sintra e é uma ótima praia para a prática de surf. Não é tão turística e quem mais a frequenta são as pessoas de cidades vizinhas que têm casa lá, mas também vale a pena conhecer. Vindo de Sinta, dá para chegar ate à praia de elétrico e apreciar uma paisagem incrível. Ela é ladeada de restaurantes e seu nome deriva da Ribeira de Colares, que dizem que ao atravessar os pomares, trazia até à praia várias maçãs caídas.

Praia das Maçãs

6) Praia da Ribeira d’Ilhas

Situada perto de Ericeira, a Praia Ribeira D’Ilhas é uma das praias mais famosas pelos surfistas e inclusive foi palco do campeonato mundial de surf, o WQS. É considerada a praia mais ao norte da costa de Ericeira. Como é um lugar muito turístico, há vários serviço e um bom conjunto de equipamentos para que os visitantes tenham máximo conforto.

Praia da Ribeira d’ilhas

7) Praia do Meco

A Praia do Meco foi uma das primeiras praias a ter uma área delimitada para o naturismo na região de Lisboa. Também chamada de Praia do Moinho de Baixo, fica na Aldeia do Meco, na costa de Sesimbra.

É uma praia com cerca de 4 km de comprimento, sendo perfeita para as famílias. No entanto, o mar costuma ser bravo. A parte naturista fica mais ao sul, ao lado da grande duna. Às vezes o mar tem ondulação muito forte, o que ajuda para esportes como surf, windsurfe e bodyboard.

Praia do Meco

6. Dicas dos ingressos para os pontos turísticos de Lisboa

Portugal tem cidades mágicas, e existem tours incríveis que o levam para conhecer o melhor de cada uma delas. Nós já viajamos o mundo e sempre pesquisamos bastante sobre a questão dos ingressos, até que encontramos uma empresa ótima que faz todos esses passeios e tours guiados a preços muito bons! Nas últimas viagens, foi justamente esse site de Ingressos da Europa que nós utilizamos. Ele vende ingressos para os principais pontos turísticos e bate-voltas de Lisboa, Porto e de todas as cidades da Europa!

Além de ser um dos maiores vendedores de ingressos do mundo, o site está em português, é seguro, e você já compra todos os seus ingressos em um único lugar (lembramos que é sempre mais barato comprar antes, pela internet, para evitar filas e não perder tempo de viagem). Tivemos uma experiência excelente com ele!

Palácio da Pena em Sintra, Portugal

7. Dicas para saber o que fazer à noite em Lisboa

Ir para Lisboa e não sair à noite é um pecado! Isso porque a cidade conta com diversos locais para todos os tipos de gostos e bolsos, seja curtir um fado e entender um pouco mais da cultura portuguesa; seja cair na balada até de madrugada; ou até mesmo só curtir um barzinho ou rooftop com vista para a cidade. Confira as nossas matérias sobre cada tipo de passeio para fazer à noite:

Noite de fado em Lisboa

8. Dicas sobre compras e descontos em Lisboa

  • Compras em Lisboa:

Outra dica é sobre as compras em Lisboa. Existem algumas lojas espalhadas de lembrancinhas e souvenirs pelas ruas mais turísticas de Lisboa que não são baratas, então procure comprar em lojas mais afastadas desses centros turísticos, onde o preço será menor para os mesmos produtos.

Se você quer fazer muitas compras, veja a seguir as melhores opções:

Shoppings em Lisboa:

Localizados em diversos pontos da cidade, os Shoppings em Lisboa são ótimas alternativas para quem quer fazer compras e não gosta de ficar batendo perna pelas ruas, sem falar no conforto e comodidade que estes espaços oferecem.

Um shopping muito indicado em Lisboa é o Armazém do Chiado, que tem três andares cheios de lojas para todos os gostos, como a Sephora, Fnac, Natura, Sun Planet, L´Occitane, Pepe Jeans e muitas outras. Pela nossa experiência, fazer compras em Lisboa é mais barato e vantajoso do que fazer compras em Paris ou em Londres, por exemplo, então aproveite a passagem por lá para comprar o que precisa.

Armazéns do Chiado em Lisboa

Outlet Freeport Lisboa:

O Outlet Freeport é perfeito para quem procura bons descontos em lojas de marca. Localizado a 35 minutos do centro de Lisboa, ele tem mais de 140 lojas e é considerado o maior outlet multimarcas da Europa. Entre as lojas mais famosas estão a Puma, Levi’s, Swatch, Benetton, Reebok, Lacoste, Hugo Boss, Versace, Adidas, Calvin Klein, Burberry, Diesel, Dolce & Gabanna, Carolina Herrera, Billabong, Samsonite e muitas outras.

Possui também uma ótima praça de alimentação, além de cinemas e área de recreação infantil. Sem dúvidas, é um lugar completo e com bons preços para quem quer fazer compras em Lisboa.

Outlet Freeport Lisboa

  • Saiba aproveitar o desconto do Tax Free!

Quase todos os países da Europa possuem o Tax Free! É um sistema que faz com que todos os turistas tenham direito a receber de volta uma boa parte dos impostos pagos nas compras. Esse imposto se chama IVA, e seu valor varia em cada país da Europa. Em Portugal, esse importo varia em torno de 25% do valor da sua compra! É muito!

Tax Refund no aeroporto

A maioria das grandes lojas possuem o Tax Free. Então sempre verifique se há uma plaquinha avisando que o tem, ou pergunte. Existe também um valor mínimo de compras dentro de um estabelecimento para poder ter direito ao Tax Free, que varia de país para país, mas em Portugal ele é de 61,50 euros.

Então sempre que você fizer uma compra de valor maior do que isso, o atendente vai perguntar se você quer o Tax Free. Ele vai pedir seu passaporte, preencher um formulário e te entregar um envelope com a nota fiscal e esse formulário. É só você juntar todos os envelopes durante sua viagem e no aeroporto você vai no guichê e pega todo o valor de volta, em dinheiro!

Se você for visitar mais países na Europa, você junta todos e só pode fazer isso no último aeroporto, antes de retornar ao Brasil. É super fácil e você vai conseguir uma boa grande de volta.

  • O que posso trazer de Lisboa para o Brasil? Há limite para a quantidade?

Outra questão importante de ressaltar quando prepara uma viagem a Lisboa é saber a quantidade de produtos que poderá levar para o Brasil, sejam itens eletrônicos, lembrancinhas ou outro tipo de produtos. Para isso, temos uma matéria completa que fala sobre a quota de dinheiro que você pode levar em produtos sem ser necessário declarar imposto na aduana. Leia aqui a matéria sobre limite e quantidade de produtos.

O que posso trazer de Lisboa para o Brasil

9. Dicas para saber o que levar na mala para Lisboa

Outra dica importante é estar a par da época em que você vai pois o clima pode influenciar e, consequentemente, o que levar na mala e peso limite.

A regra vale para todas as companhias aéreas e voos internacionais: o peso limite das malas despachadas para uma viagem de ida ou volta de Portugal é de até 23 kg. Para classes executivas e primeira classe, é comum haver benefícios em relação ao peso das malas, a depender da companhia – na maioria dos casos, o peso limite é extendido até 32 kg. E a bagagem de mão pode ter até 10 kg, embora nem sempre ela seja pesada no aeroporto. O ideal é, nessa mala de mão, levar roupas grandes como casacos, que ajudam a liberar espaço na bagagem grande que foi despachada.

O que levar na mala para Lisboa

10. Dicas sobre como levar dinheiro para Lisboa

  • Dicas para comprar euros e usá-los na viagem:

Você pode ir em uma casa de câmbio comprar seus Euros em espécie, comprar um cartão pré pago ou até mesmo utilizar seu cartão de crédito no exterior. Essas sempre foram as formas tradicionais, mas recentemente, surgiu uma nova forma de levar dinheiro ao exterior que é disparada a melhor opção de todas e faz você economizar MUITO.

  • Essa nova opção, que surgiu nos últimos anos, é abrir uma conta digital global em dólar, e utilizar o cartão dessa conta para fazer todos seus pagamentos e saques no exterior, em qualquer moeda. Na hora de comprar os euros e fazer pagamentos, acaba saindo MUITO mais barato.

Você compra dólar na cotação comercial, a mais barata de todas. Os bancos e casas de câmbio utilizam a cotação turismo, que é bem mais cara. E além disso, ao invés de pagar 6,7% de IOF na hora de usar o cartão no exterior, você paga somente 1,1% e paga muito menos taxa! É uma economia gigantesca. Fora a facilidade, pois é tudo online. E a conta será em dólar, mas você pode utilizar em qualquer país, que ele faz a conversão automaticamente. É aceito em toda a Europa, pois a bandeira é Mastercard.

Como enviar dólares para os EUA do Brasil: banco

Como abrir essa conta global, do Brasil?

Hoje em dia, existe um banco digital global brasileiro, que permite que você crie uma conta nos EUA em menos de 5 minutos. Com isso você consegue colocar dólares nela, transferindo de sua conta do Brasil, e utilizar seu dinheiro em qualquer país do mundo. E o único documento exigido é seu RG ou CNH. Vamos explicar abaixo todas as vantagens, que realmente estão sendo muitas.

Como abrir conta nos EUA do Brasil

Se já quiser baixar, você clica aqui, baixa o app deles no seu celular e cria sua conta rapidamente. E como muita gente está abrindo a conta com eles por causa de nossos blogs e por ser realmente uma opção bem mais vantajosa, conseguimos um cupom para nossos leitores! Quem abrir a conta com o código de convidado GRUPODICAS20 ganhará até 20 dólares ao fazer a sua 1ª remessa de câmbio em até 15 dias após o uso do cupom.

Tendo a conta aberta, você consegue enviar dinheiro da sua conta do Brasil (em reais) para essa (em dólar) facilmente pelo app, e ver quanto está o câmbio atual. Você terá sua conta em dólar e pode utilizar para fazer em compras em estabelecimentos do mundo todo, não importa qual seja a moeda e o país. Você vai pagar lá no estabelecimento na moeda que eles te cobrarem e na sua conta o valor já virá descontado automaticamente em dólar. E sempre muito mais barato.

OUTRAS VANTAGENS:

Você pode ir acumulando seus dólares aos poucos conforme a cotação estiver boa e ainda deixar eles investidos (eles permitem que você invista seus dólares em alguns fundos de investimento) para irem rendendo até sua viagem. Por eles serem um banco regulamentado nos EUA, você tem uma proteção de até 250 mil dólares do governo, caso aconteça algo com a empresa.

Você consegue usar em qualquer lugar do mundo o cartão, então todas as futuras viagens você já utiliza a mesma conta. O atendimento e suporte é todo em português. E não tem taxa nenhuma para manter ou abrir a conta.

Com essa conta você pode também fazer saques nos caixas eletrônicos do exterior para ter um pouco do seu dinheiro em espécie na viagem. Na Europa, por exemplo, você consegue sacar Euros. E os dois primeiros saques são isentos de qualquer taxa. Você automaticamente terá um cartão virtual de débito no seu celular, que já pode usar para fazer compras, mas pode solicitar também o cartão físico. Se for solicitar o cartão físico, solicite o quanto antes, pois ele é enviado dos EUA.

Sla VIP Guarulhos - Conta Global Digital Nomad

E agora eles possuem uma sala VIP bem legal no aeroporto de Guarulhos, para quem possui conta com eles. Um ótimo benefício e você vai poder utilizar ela em todas as suas viagens. Não se esqueça de utilizar o cupom GRUPODICAS20 na abertura da sua conta para ganhar até 20 dólares.

Outras alternativas para comprar euros

Para quem não quiser abrir a conta por algum motivo ou quiser já levar um pouco de euros em dinheiro, a gente sempre compra nessa casa de câmbio aqui. É uma das maiores empresas de câmbio do país, tanto pela segurança como pelo preço. E, você consegue fazer tudo pela Internet e eles entregam na sua casa através de um portador. Mas a conta global ainda é disparada a melhor opção.

11. Dicas para estar comunicado e com internet durante a viagem a Lisboa

Outra forma de economizar em Portugal é na hora de usar o seu celular. Usar o seu roaming internacional no exterior com o chip do Brasil geralmente é a pior opção e acaba sendo muito mais caro.  Para usar o wi-fi, a maioria dos hotéis cobra uma taxa diária que é muito cara e você só pode usar o celular dentro do hotel.

O que a maioria das pessoas faz e que vale muito a pena é comprar um chip pré pago internacional de uma empresa internacional. Acaba sendo MUITO mais barato e você consegue usar a internet tranquilamente, durante toda a sua viagem e com um excelente sinal.

Usando o celular na Europa

Se você for alugar um carro então, o chip vai sair de graça, pois com seu celular funcionando você não precisará alugar o GPS com a locadora de carros, porque poderá usar o do celular. O valor que economizará do GPS já paga o chip. E você vai usar MUITO o seu celular para pesquisar tudo em sua viagem.

Depois desses anos todos testando vários chips diferentes e viajando por todo o mundo, o que nós mais gostamos e sempre usamos agora é esse chip de viagem. Ele tem um bom preço e um serviço excelente. O sinal foi excelente em todas as cidades que visitamos. Além de que a Internet é ilimitada.

O melhor de tudo é que eles entregam o Chip Pré Pago na casa da pessoa aqui no Brasil (com aquele chip que já vem nos 3 tamanhos disponíveis para todos os tipos de celulares e é só destacar o seu) e ainda existe a opção eSIM, para os celulares mais novos. É ótimo e nós achamos que vale muito a pena usar. O bom é que a cobertura é em toda a Europa, então você pode usar em Portugal, França, Itália, Espanha, Grécia, Inglaterra, Alemanha, Bélgica, Irlanda e qualquer outro país europeu.

12. Dicas para encontrar passagens aéreas mais em conta para Lisboa

A primeira dica para quem vai viajar para Lisboa é em relação às passagens aéreas. Sem dúvida é um dos pontos mais dispendiosos de uma viagem ao exterior e por isso é ideal procurar com bastante antecedência para conseguir encontrar os melhores preços e boas promoções.

Viagem para Lisboa

No entanto, muitas vezes é difícil acompanhar todas as promoções e passagens de todas as companhias aéreas para conseguir comprar a mais barata. Por isso, é importante seguir algumas dicas para achar passagens aéreas baratas para Portugal. A nossa primeira grande dica é utilizar um bom comparador de passagens aéreas, que faz uma busca em todas as companhias aéreas para Portugal. É ótimo, porque poupa você de ter que entrar em cada companhia e fazer várias buscas diferentes.

Com um comparador de passagem aérea, você coloca a data da sua viagem e ele já mostra todas as opções disponíveis. Nós sempre usamos esse comparador de passagens aéreas, pois de todos é o que sempre tem os melhores preços e é um dos mais seguros e conhecidos do Brasil. Clique nele e siga outras dicas que vamos dar a seguir para conseguir economizar muito na compra das passagens aéreas para Lisboa.

Avião em céu com Sol se pondo

  • Dicas da escala para economizar na passagem aérea:

Outra dica é sempre pesquisar as opções de voos que aparecem, porque uma viagem direta para o destino pode sair muito mais cara do que uma viagem com escalas. Só veja bem qual é o tempo da escala e onde ela é feita, para não perder muito tempo de viagem e chegar super cansado em Lisboa, pois dessa forma pode não compensar. A dica é fazer bem as contas, pois às vezes se a diferença é pequena, vale mais a pena o voo direto para você aproveitar melhor a viagem e chegar mais rápido.

  • Dicas da antecedência para economizar na passagem aérea:

Pesquise também qual é o período de alta temporada do seu destino, pois fica tudo muito mais caro, principalmente as passagens aéreas. Em Lisboa há vários meses que são mais intensos a nível de turismos: as férias de verão (de junho a setembro) e no inverno (principalmente de novembro a janeiro).

  • Dicas do dia do voo:

Outra dica legal para achar passagens aéreas mais baratas é pesquisar a data do voo sempre caindo numa segunda, terça ou quarta-feira. Os voos às quintas, sextas e principalmente os que caem aos sábados e domingos costumam ser mais caros. Além disso, o horário do voo também influencia no custo da passagem.

Geralmente as passagens aéreas noturnas são as mais caras, pois são as mais procuradas, justamente pelo conforto do “tempo passar mais rápido” já que vai dormindo. Já os voos de tarde, geralmente são mais baratos.

Voo para Lisboa

Muito mais dicas de Lisboa no Youtube!

Está gostando da matéria? Não deixe de visitar também o nosso canal no Youtube. Tem vários vídeos incríveis de Lisboa, com muito mais dicas, para te ajudar a planejar toda a sua viagem. Se quiser, clique aqui para se inscrever no canal ou aqui para ver a playlist com todos os vídeos de Lisboa. Esse vídeo é o mais assistido do canal:

Veja outras matérias imperdíveis de Lisboa:

O que fazer em Lisboa: Principais atrações, passeios e lugares de Lisboa em Portugal.
Ingressos de Lisboa mais baratos:
 Onde comprar os ingressos das atrações turísticas.
Dicas para andar de trem na Europa: Melhores empresas, trajetos, onde comprar passagens super baratas e todas as dicas.