Portugal

Roteiro ideal de 15 dias por Portugal e França

Confira aqui tudo sobre o roteiro ideal de 15 dias a se fazer na sua viagem por Portugal e França! Listamos as melhores dicas, informações, rotas e guias para uma viagem entre esses dois países:

Roteiro ideal de 15 dias por Portugal e França

E se você está planejando viajar para lá, não deixe de conferir também as dicas imperdíveis de como economizar muito em sua viagem a Portugal. São dicas muito boas, que valem a pena, e vão fazer você economizar muito em todo o planejamento da viagem e quando estiver lá. Sua viagem a Portugal vai sair mais barata do que imaginava e você poderá gastar mais para aproveitar ainda mais.

Vale a pena viajar entre Portugal e França?

Sim! Não é à toa que muita gente escolhe fazer essa rota quando planeja as férias. Tanto Portugal quanto França são países belíssimos, ricos em cultura, gastronômia e coisas para fazer. Dúvida? Confira os melhores passeios só das capitais desses dois países:

Bandeira de Portugal

Por quais cidades passar na viagem?

Na nossa opinião, uma viagem de 15 dias entre Portugal e França não pode deixar de passar pelas seguintes cidades:

  • Lisboa
  • Cascais
  • Sintra
  • Coimbra
  • Aveiro
  • Porto
  • Braga
  • Guimarães
  • Paris
  • Giverny
  • Versalhes

Sim, sabemos que são muitas cidades e que o tempo é curto, mas é possível fazer esse roteiro, se essa for a sua preferência. É o roteiro mais comprido possível, nessa quantidade de dias, e será um pouco corrido, mas valerá a pena.

  • Mais devagar: Se você preferir um roteiro mais devagar, experimente retirar as cidades de Coimbra e Aveiro, ficando mais tempo nas cidades em que preferir.

Viagem de avião

Banner-Gabr

Como ir de Portugal para França?

É possível ir de Portugal para a França de avião, carro, trem ou até ônibus. Mas considerando a quantidade de dias disponíveis, sem dúvidas, a melhor forma é viajar de avião. Assim você não perde muito tempo e não se cansa tanto nas viagens.

É difícil acompanhar todas as promoções e passagens de todas as companhias aéreas para conseguir comprar a mais barata. Por isso, é importante seguir algumas dicas para achar as passagens mais econômicas. A primeira grande dica é acessar algum comparador de passagens aéreas, que faz uma busca em todas as companhias aéreas. Ele poupa você de ter que entrar em cada companhia e fazer várias buscas diferentes.

Interior de avião

Com um comparador de passagem aérea, você coloca a data da sua viagem e ele já mostra todas as opções disponíveis. Nós sempre usamos esse comparador de passagens aéreas, pois de todos é o que sempre tem os melhores preços e é um dos mais seguros e conhecidos do Brasil.

Clique nele e siga as dicas abaixo que você vai economizar muito na compra das passagens aéreas. Só de utilizar ele, você já vai conseguir achar os melhores preços e as melhores opções de passagens.

Viagem de avião

No entanto, também vale a pena fazer os trechos mais curtos e num mesmo país com um carro alugado. Assim você conhece novas paisagens, economiza o dinheiro de alguns voos e tem mais liberdade de horários. Por exemplo:

  • Lisboa – Cascais – Sintra – Lisboa
  • Lisboa – Coimbra – Aveiro – Porto
  • Porto – Braga – Guimarães
  • Paris – Giverny – Paris
  • Paris – Versalhes – Paris

O jeito mais fácil e barato de alugar um carro em Portugal é já fazer a reserva aqui do Brasil pela internet, para garantir o seu carro e o melhor preço. Reservando pela internet com antecedência, o preço final sai muito mais barato do que para quem aluga na hora. Sem falar que existe um incrível comparador de preços de carros, que vamos mostrar abaixo, que já faz uma busca em todas as locadoras de Portugal e encontra os melhores preços e promoções incríveis.

Viagem de carro até França

Se quiser fazer a pesquisa, clique aqui em Comparador de aluguel de carros. Esse comparador tem parcerias fortíssimas com as locadoras de carro, e por isso conseguem preços imbatíveis. Além disso eles parcelam em até 12 vezes sem juros e por ser uma empresa brasileira você não paga o IOF de 6%, pois o pagamento é feito em reais. Você realmente vai economizar muito.

Outra opção boa no mercado é esse outro Comparador de preços de aluguel de carros que é o maior comparador do mundo. Ele é bem parecido com o anterior, mas tem mais empresas na sua busca e geralmente encontra preços ótimos e mais baratos do que o outro. A única diferença é que o sistema dele é internacional, então não é possível parcelar o valor, mas muitas empresas oferecem a opção de pagar somente lá na hora, o que é ótimo. Vale a pena conferir também, pois eles têm promoções bem agressivas em Portugal.

  • A dica certeira para economizar no roteiro ideal de 15 dias por Portugal e França é utilizar os dois comparadores e ver em qual você encontra o melhor preço. E em quanto mais pessoas tiver, mais você vai economizar, pois tudo será dividido por todos, inclusive estacionamento e gasolina.

Viagem de carro

Roteiro de 15 dias entre Portugal e França:

– Dia 1 – Lisboa

Você provavelmente chegará do Brasil por Lisboa, já que este é o destino de Portugal que recebe mais voos de outros países. Comece seu dia conhecendo a região de Belém, onde poderá ver a famosa Torre de Belém, o Padrão do Descobrimentos e o Mosteiro dos Jerónimos, bem como a casa tradicional de pastéis de Belém (não deixe de prová-los!). Esses lugares podem ser conhecidos todos a pé, já que ficam bem próximos uns dos outros.

Torre de Belém

De volta ao centro de Lisboa, continue o dia com um passeio pela Avenida da Liberdade, uma avenida gigante onde o fluxo não para. Quando chegar à Praça dos Restauradores, verá um grande obelisco, que faz uma homenagem à libertação de Portugal do domínio espanhol. Aproveite também o passeio promovido pelo Elevador da Glória, que fica ali perto, e sobe a colina que liga a Baixa ao Bairro Alto.

Uma vez lá em cima, você estará no Bairro Alto, que é o melhor bairro para a noite da capital, cheio de bares, restaurantes e lojas para você finalizar o dia. Na Praça de Camões é onde está o famoso Café A Brasileira, com sua estátua famosa de Fernando Pessoa, que era um frequentador. Se não estiver cansado, termine o dia na região do Cais do Sodré, que tem vida noturna agitada.

Elevador de Santa Justa à noite

– Dia 2 – Lisboa

Seu segundo dia em Lisboa será atarefado. Inicie seu roteiro pela região do Parque das Nações, construído para a grande Expo Mundial de 1998, e que deixou um legado lindo, moderno e turístico para Lisboa. É lá que está o oceanário de Lisboa, o teleférico e outros pontos turísticos menores, assim como a lindíssima Estação Gare de Oriente, que tem ligações para metro, rodoviária, ferroviária e vários pontos de táxi. Além de estar ao lado do Rio Tejo e da famosa Ponte Vasco da Gama.

Estação do Oriente

Conheça ainda a Catedral da Sé, e faça também uma visita ao Castelo de São Jorge, uma das construções medievais mais preservadas da Europa, e que tem vistas incríveis da cidade. No interior do Castelo de São Jorge há sempre exposições e belos jardins para relaxar. Continue a tarde no centro, caminhando primeiramente pela Rua Augusta, onde você chegará ao principal arco da cidade e sairá na Praça do Comércio, um dos lugares mais conhecidos e bonitos da cidade. Pode, inclusive, jantar no tradicinoal mercado Time Out.

Castelo de São Jorge

– Dia 3 – Cascais e Sintra

Comece seu terceiro dia do roteiro ideal de 15 dias por Portugal e França acordando cedo, e indo até Cascais, uma cidade litorânea que fica a poucos minutos de Lisboa, e preserva um visual lindo de praia e edifícios modernos e neoclássicos. A cidade possui 17 praias, falésias, dunas, além de parques e reservas naturais. As praias mais famosas são a Praia da Rainha, Praia da Poça, a Praia do Tamariz, Praia do Guincho, Praia da Azarujina e Praia da Adraga.

Boca do Inferno, Cascais

Também vale conhecer a falésia Boca do Inferno, um dos pontos mais famosos da cidade; e a vila de Cascais, para ser explorada a pé – e onde está a marina e o Palácio de Cascais. Depois de explorar Cascais e almoçar na região, vá para Sintra, outra cidade vizinha. Em cerca de 5 horas, você consegue:

  • Passear pelo centrinho da cidade;
  • Curtir um passeio mais prolongado pela Quinta da Regaleira, uma quinta grande, com cenários super românticos;
  • Subir (com carro) até o Palácio da Pena e o Castelo dos Mouros – que podem ser vistos do lado de fora, sem necessidade de entrar.
  • Ah! E não deixe de provar os famosos “travesseiros de Sintra”, um doce folhado vendido nas lojas locais, e especialmente na “Periquita”.

Já mais tarde, volte para Lisboa e durma cedo, pois fará uma viagem um pouco mais comprida no dia seguinte.

Palácio de Sintra

– Dia 4 – Coimbra e Aveiro

Mais uma vez, acorde cedo e faça uma viagem de cerca de 2h15 de carro para Coimbra, uma cidade universitária linda e histórica. Coimbra foi a primeira capital de Portugal, entre 1139 e 1255, e por isso ainda conserva ares medievais. A cidade fica em uma colina às margens do Rio Mondego e é conhecida mundialmente por ter a Universidade de Coimbra, umas das primeiras universidades europeias – vale a visita!

Outros pontos turísticos de Coimbra que valem a pena conhecer são a Quinta das Lágrimas, o mini-mundo Portugal dos Pequeninos (mais infantil), a Sé de Coimbra e o Mosteiro de Santa Cruz em Coimbra.

Universidade de Coimbra

Se você conseguir chegar a Coimbra por volta das 10h e não perder muito tempo no almoço, às 15h30 já poderá partir para Aveiro, a “Veneza de Portugal”, que fica a 50 minutos de lá. Aveiro é uma cidade de passeio ainda mais rápido, mas onde você poderá ver canais com gôndolas que fazem passeios com os turistas, fotografar o cenário das casas de Costa Nova, e provar os famosos Ovos Moles de Aveiro, um doce típico incrível que vende por aqui.

Ao final do passeio, faça a viagem para o Porto, que dura cerca de uma hora de carro, partindo de Aveiro. Essa é outra cidade do roteiro ideal de 15 dias por Portugal e França. Ao chegar, aproveite para jantar os famosos cachorros-quentes no restaurante Gazela, acompanhados de uma boa Nortada (a cerveja mais vendida no Porto)!

Aveiro, Portugal

– Dia 5 – Porto

Comece seu passeio pelo Porto acordando cedo e caminhando até a Ribeira, um dos lugares mais emblemáticos da cidade e núcleo dela. Faça um passeio de barco e atravesse para o outro lado do rio, de onde poderá ter uma visão especial do Porto e visitar as Caves de Vinho, onde poderá fazer várias provas. Se ainda houver tempo, visite também os Jardins do Palácio de Cristal, que é um parque na região mais alta da cidade, com uma bela vista do Porto, tendo a oeste a Ponte da Arrábida e a foz do Rio Douro.

Cave de vinho, Porto

Perto está um famoso restaurante, o Capa Negra, para experimentar a comida típica do Porto: a francesinha. Nada mais é do que um enorme sanduíche servido em prato e que se come com talheres, pois leva muitos ingredientes como linguiça, salsicha, carne, presunto, entre outros e coberto por queijo derretido e um molho específico e apimentado, também cheio de ingredientes. E, se quiser, curta ainda a noite na cidade em uma das melhores baladas do Porto ou bares no Porto.

– Dia 6 – Porto

Em seu segundo dia no Porto, conheça a Baixa do Porto, onde fica a Igreja do Carmo, com a fachada decorada com azulejos típicos de Portugal. Por aquela área está também a Torre dos Clérigos, um dos mirantes mais conhecidos da cidade, com 76 m de altura; e a livraria Lello – suas escadarias são muito conhecidas por terem servido de inspiração aos livros do Harry Potter, uma vez que a autora, J.K. Rowling, morou na cidade do Porto.

Conheça também o Palácio da Bolsa, um luxuoso edifício do século 19, e demorou aproximadamente 70 anos para ser construído, e abriga a Viniportugal, um lugar no qual é possível fazer uma degustação de vinhos de várias regiões do país. Lá você verá a galeria dos antigos presidentes, a sala tribunal, a sala das assembleias, a sala dos retratos e o salão árabe de eventos.

Torre dos Clérigos, Porto

Por fim, vá à Catedral da Sé, da qual é possível ter uma vista da parte mais histórica e antiga do Porto. E volte para descansar em sua acomodação mais cedo, por conta da viagem no dia seguinte.

– Dia 7 – Guimarães + Braga

Logo pela manhã, faça uma viagem de 40 minutos até Guimarães, o “berço de Portugal”. A cidade não é muito grande, mas você poderá conhecer o Castelo de Guimarães do século X, que protegia os monges e cristão dos mouros; a igreja Nossa Senhora da Consolação com sua bela entrada (foto abaixo); e o Monte da Penha, que é a parte mais elevada de Guimarães e com vista para a cidade (no topo é onde fica a estátua do Papa Pio IX).

Igreja Nossa Senhora da Consolação em Guimarães

Depois do passeio por Guimarães, siga para a cidade de Braga, e vá direto para o famoso Santuário do Bom Jesus do MonteTrata-se de um santuário enorme, com uma escadaria linda e vista encantadora da cidade. Lá fica uma igreja, lanchonetes e parque com cenários bucólicos para você conhecer. Depois, siga para o Santuário de Nossa Senhora do Sameiroque também tem uma igreja, e uma vista ainda mais encantadora.

Depois do passeio, aproveite para conhecer à noite o centrinho de Braga, onde fica a Praça da República (ou “Arcada”) e o Jardim de Santa Bárbara. Durma apenas nesta noite em Braga, e aproveite para recarregar as energias.

Santuário do Bom Jesus do Monte, Braga

– Dia 8 – Paris

Dia de acordar e viajar para Paris, independente do meio do transporte. Inicie seu roteiro em Paris explorando a cidade a partir do Arco do Triunfo. Ele é um dos pontos turísticos mais belos da cidade e conta com uma vista de tirar o fôlego de seu topo. Depois, siga pela famosa avenida Champs-Élysées e aproveite para almoçar por lá. Os preços são um pouco elevados, pois é um ponto altamente turístico, mas vale super a pena apostar em dos restaurantes pequenos e charmosos situados no local.

Torre Eiffel, Paris

Após almoçar, continue caminhando pela avenida até chegar à Place de la Concorde, um dos lugares históricos mais conhecidos da França. Ao cruzar a Pont de la Concorde, você poderá apreciar o Rio Sena e relaxar observando os barcos que navegam por ele, e chegar à Torre Eiffel. Veja o entardecer lá do alto da torre e aproveite para apreciar Paris iluminada à noite.

– Dia 9 – Paris

No segundo dia em Paris, acorde cedo e passeie pela Catedral Notre Dame. Em sua lateral há uma área para subir ao observatório, no entanto, são muitos degraus. Por isso esteja preparado! Não deixe de visitar a capela que fica ao lado da catedral. A Sainte-Chapelle foi erguida pelo Luís IX e possui belíssimos vitrais coloridos, é imperdível. Depois, siga caminhando pela Ponte Neuf, a mais antiga de Paris, onde você pode pendurar cadeados, assim como acontecia na Pont des Arts.

Louvre, Paris

Continue caminhando por mais alguns metros até chegar no Museu do Louvre, que é um dos maiores do mundo. Como você vai gastar um bom tempo por lá, dedique uma tarde inteira e aproveite bastante. Ao sair do museu, siga em frente e descanse no Jardin des Tuileries, um dos mais bonitos da França.

– Dia 10 – Paris

No 10º dia de seu roteiro, visite o Palais Garnier e gaste seu tempo observando a belíssima arquitetura e pinturas. O local serviu como inspiração para O Fantasma da Ópera, um dos maiores clássicos franceses. Depois, siga para a Igreja de la Madeleine, que também é imperdível, pois seu altar é considerado um dos mais bonitos de Paris.

Palais Garnier, Paris

À tarde, queime as calorias do almoço subindo a escadaria do Sacre Coeur. A basílica, além de ser linda, fica no ponto mais alto da cidade, em Montmartre. De lá, você pode ter uma das melhores vistas de Paris, principalmente durante o pôr do sol. Uma boa dica é visitar a basílica quando a tarde já estiver chegando ao fim para apreciar esse fenômeno natural.

– Dia 11 – Paris

Neste dia, comece a manhã visitando o Pantheón de Paris. Depois, vá até o Centre Georges Pompidou, onde você poderá apreciar diversas obras de arte contemporânea. Ainda no edifício, suba a escada rolante externa até o último andar, pois a vista de lá é imperdível.

Centro Pompidou, Paris

Depois, pare em um dos melhores restaurantes de Paris para almoçar e siga para o Jardim de Luxemburgo. É lá que fica o Senado e é um ponto ótimo para relaxar e apenas contemplar a paisagem. Quando estiver chegando o fim da tarde, faça um passeio de barco pelo rio Sena, se quiser, procure uma opção com jantar.

– Dia 12 – Giverny

Neste dia, faça um passeio até a casa de Monet e seus jardins, na região de Giverny. Os franceses e turistas podem descobrir um curioso e belíssimo local: trata-se da casa onde viveu por mais de 40 anos o famoso pintor Monet, incluindo os jardins em que ele costumava pintar. Sinta-se entrando em uma quadro ao visitar esta que é uma das maravilhas da França, na região de Giverny. São diversas obras do artista e áreas verdes belíssimas.

Giverny, França

É um lugar indescritível, muito bonito e com uma atmosfera mágica que irá lhe transportar diretamente para os quadros de Monet. Além disso, uma vantagem é que essa cidade fica a apenas 30 minutos da capital francesa, sendo uma ótima opção para um bate e volta rápido.

– Dia 13 – Versalhes

Em seu 13º dia de roteiro, faça um bate e volta ao incrível Palácio de Versalhes, que também é enorme e tem muitas salas para visitar. Ele é um castelo real, considerado um dos maiores do mundo. Infelizmente ele não fica em Paris, e sim na cidade vizinha, Versalhes. Mas o acesso é rápido e fácil!

Palácio de Versalhes

O Palácio de Versalhes é famoso, além de seu imponente edifício, por simbolizar a Monarquia Absoluta, sustentada por Luis XIV. Passeie por suas extensas salas e admire a riqueza do Palácio, como sua sala dos espelhos. Mas não deixe de passear pelo jardim, que é um dos maiores jardins já feitos em Paris e no mundo. Aproveite o dia para conhecer a região de Versalhes que é bem bonita.

– Dia 14 – Paris

Em seu penúltimo dia, vá conhecer o Museu Des Invalides, visto e reconhecido de longe por sua enorme cúpula dourada, onde está o túmulo de Napoleão Bonaparte. Perto dele encontra-se a Ponte Alexandre III, repleta de ornamentações e desenhos rebuscados. Um lugar lindo para tirar belas fotos e curtir o clima de Paris!

À tarde dedique-se a fazer um passeio livre. Como sugestão faça um passeio em barco pelo Rio Sena, fotografe bastante e entre em alguma lojinha de suvenirs para comprar lembrancinhas!

Museu Des Invalides

– Dia 15 – Paris

No último dia de seu roteiro, visite a Conciergerie, um dos pontos turísticos da cidade que possui um grande papel na história da França, especialmente durante o período da Revolução Francesa. O prédio foi sede do poder real entre os séculos X e XIV e posteriormente transformado em prisão. Ficou ainda mais conhecido depois que Maria Antonieta virou prisioneira no lugar, sendo depois executada.

Conciergerie, Paris, França

Após a visita, faça uma pausa para o almoço. Uma boa dica é escolher um pequeno restaurante na margem do Sena e apreciar a vista e a gastronomia francesa. Depois, siga para o bairro Belleville. Ele é um pouco distante do centro de Paris, no entanto, é superinteressante e animado. Você pode visitar as galerias de arte do local e depois curtir o fim de tarde em um dos bares e cafés da região.

  • Qual moeda levar? A moeda em ambos os países, e a única a ser utilizada nessa viagem, é o euro.
  • Covid-19: a França reabriu a fronteira a brasileiros vacinados em 2021, portanto, certifique-se de viajar com um certificado das três doses (ou duas, tomadas a menos de 270 dias do embarque).
  • Fronteiras: quando se viaja de carro, normalmente, você cruza as fronteiras entre Portugal e França sem precisar parar ou declarar sua mudança de país. O mesmo vale para as viagens de avião, já que esta é considerada uma “viagem doméstica”, dentro da Europa.

Onde ficar em cada cidade?

Para não perder tempo procurando onde ficar em cada uma dessas cidades, indicamos abaixo alguns dos lugares que mais gostamos para economizar:

Hotel em Lisboa

Muito mais dicas de Portugal no Youtube!

Está gostando da matéria? Não deixe de visitar também o nosso canal no Youtube. Tem vários vídeos incríveis de Portugal, com muito mais dicas, para te ajudar a planejar toda a sua viagem. Se quiser, clique aqui para se inscrever no canal ou aqui para ver a playlist com todos os vídeos de Portugal. Esse vídeo é o mais assistido do canal:

Não esqueça o seguro viagem obrigatório para Europa

Agora que você já sabe tudo sobre o roteiro ideal de 15 dias por Portugal e França, uma dica importantíssima que reforçamos para todos que estão planejando ir a qualquer país da Europa é que não se esqueça que fazer um Seguro Viagem Internacional é obrigatório para viajar para lá. Veja nossa matéria de Seguro Viagem para Europa com tudo o que você precisa saber sobre o assunto, quais são os melhores seguros e dicas para fazer um excelente seguro por um preço incrível economizando muito.

Mulher olhando janela de avião

Como usar seu celular à vontade em Portugal e na Europa?

Poder usar seu celular em Portugal e na Europa, em geral, é algo extremamente útil e necessário, já que com ele você pode pesquisar sobre pontos turísticos, acessar os aplicativos deles, conferir a previsão do tempo e até usar o GPS, economizando o aluguel deste equipamento para o carro.

Além de, claro, estar conectado nas várias redes sociais e WhatsApp! Por isso, selecionamos as melhores dicas de como usar o celular à vontade na Europa. É super barato e você vai poder usar seu celular o dia inteiro e em qualquer lugar, podendo pesquisar sobre o roteiro ideal de 15 dias por Portugal e França.

Casal olhando celular

Dicas para aproveitar melhor sua viagem a Portugal

Agora que você já viu tudo sobre o roteiro ideal de 15 dias por Portugal e França, uma dica importante é que alguns pontos turísticos, praias, cidades legais e vinícolas em Portugal são um pouco afastados das cidades, e uma ótima opção para aproveitar melhor sua viagem é alugar um carro.

Muitos brasileiros estão fazendo isso, pois você pode conhecer várias cidades lindas. Se quiser, veja nossa matéria de como alugar um carro em Lisboa e Portugal, com tudo o que você precisa saber do assunto e dicas de como encontrar preços imbatíveis usando comparadores, para fazer o melhor negócio.

Dicas para aproveitar melhor sua viagem ao Porto

Dica dos ingressos e passeios mais baratos para todas as cidades de Portugal

Portugal tem cidades mágicas, e existem tours incríveis que o levam para conhecer o melhor de cada uma delas. Nós já viajamos o mundo e sempre pesquisamos bastante sobre a questão dos ingressos, até que encontramos uma empresa ótima que faz todos esses passeios e tours guiados a preços muito bons! Nas últimas viagens, foi justamente esse site de Ingressos da Europa que nós utilizamos. Ele vende ingressos para os principais pontos turísticos e bate-voltas de Lisboa, Porto e de todas as cidades da Europa!

Além de ser um dos maiores vendedores de ingressos do mundo, o site está em português, é seguro, e você já compra todos os seus ingressos em um único lugar (lembramos que é sempre mais barato comprar antes, pela internet, para evitar filas e não perder tempo de viagem). Tivemos uma experiência excelente com ele!

Palácio da Pena em Sintra, Portugal

Veja outras matérias imperdíveis de Portugal:

O que fazer em Lisboa: Principais atrações, passeios e lugares de Lisboa em Portugal.
Onde ficar em Porto: Melhores regiões para se hospedar em Porto.
Dicas para andar de trem na Europa: Melhores empresas, trajetos, onde comprar passagens super baratas e todas as dicas.

Tags:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *