Lisboa

O que não fazer em Lisboa

Veja aqui o que não fazer em Lisboa. É comum que os brasileiros e turistas de outras nacionalidades viajem para Portugal e sigam seus instintos, agindo como estão acostumados a agir normalmente. Porém, vamos indicar aqui algumas coisas que os turistas não devem fazer quando estiverem em Lisboa, para conseguirem aproveitar mais a viagem. Confira:

MAAT em Lisboa

E se você está planejando viajar para lá, não deixe de conferir também as dicas imperdíveis de como economizar muito em sua viagem a Lisboa e Portugal. São dicas muito boas, que valem a pena, e vão fazer você economizar muito em todo o planejamento da viagem e quando estiver lá. Sua viagem a Portugal vai sair mais barata do que imaginava e você poderá gastar mais para aproveitar ainda mais.

1. Não coma em Fast-Foods

Por mais baratos que pareçam, os restaurantes fast-food não valem a pena em Lisboa. A qualidade deles costuma ser ruim, e o preço nem é tão barato assim. Além disso, a cidade tem uma gastronomia riquíssima, e você consegue encontrar produtos frescos em pratos bem preparados por poucos euros a mais. Por isso, outra dica nossa é: não venha para Lisboa em dieta ou com a ideia de perder peso! E, claro, não deixe de provar as várias versões de bacalhau que os portugueses oferecem, nem os deliciosos docinhos que eles têm – como os famosos pastéis de Belém. Para saber mais, veja as nossas dicas de melhores restaurantes em Lisboa.

Prato de bacalhau

2. Não sente-se à mesa de um restaurante antes de ser atendido

Não importa se você está em um restaurante chique ou em um “boteco”, fale com um atendente do local antes de sentar-se a uma mesa. Ele é quem indicará as mesas disponíveis, e onde você poderá se sentar. Também esteja atento aos locais, especialmente os de serviço (como padarias e áreas específicas de supermercados), que têm retirada de senha!

Restaurante de luxo em Lisboa

3. Vá aos museus nos domingos, e não às segundas-feiras

Muitos museus de Lisboa costumam ser gratuitos no primeiro domingo do mês ou em todos os domingos do mês – e isso, no final das contas, é uma bela economia. Por isso, se tiver um domingo livre em sua viagem, reserve para os museus. Por outro lado, fuja das segundas-feiras, que é quando os museus de Lisboa costumam fechar.

Banner-Gabr

Museu em Lisboa

4. Não deixe para comprar os ingressos lá na hora

Falando em museus e outras atrações, não deixe para comprar seus ingressos quando já estiver em Lisboa. Existe uma grande chance dos ingressos já estarem esgotados para o dia, ou que só tenham disponibilidade para horários/lugares ruins. Nós mesmos já perdemos uma visita a museu por não termos comprado o ingresso antecipadamente. Além de que você perde um tempo precioso de viagem esperando em filas de bilheterias. Por isso, compre seu ingresso antes, online.

Oceanário de Lisboa

Nós já viajamos o mundo e sempre pesquisamos bastante sobre a questão dos ingressos. Nas últimas viagens utilizamos esse site de Ingressos da Europa, que vende ingressos para os principais pontos turísticos de Lisboa, Porto e de todas as cidades da Europa! Eles são um dos maiores vendedores de ingressos, o site está em português, é seguro, e o bom é que você compra todos os seus ingressos em um único lugar. Os passeios de Lisboa que mais indicamos para a compra do ingresso são o Oceanário de Lisboa, o Castelo de São Jorge e a Torre de Belém, que são os principais pontos turísticos.

5. Não compre mais do que se pode levar para o Brasil

Alguns produtos são tão baratos em Portugal que é comum se empolgar e comprar mais do que se pode levar na mala de volta para o Brasil. Lembramos que o limite é de até 12 litros de vinho ou qualquer outra bebida nas malas despachadas, por pessoa, ou seja, 16 garrafas de 750 ml. Na bagagem de mão não são permitidos líquidos acima de 100 ml.

Vinhos portugueses

Desde 2016, também mtornou-se possível trazer queijos de Portugal para o Brasil, desde que estejam em embalagem a vácuo com etiqueta de identificação do produtor e validade. Os produtos de confeitaria, commo os pastéis de nata, também podem ser trazidos desde que identificados com um rótulo bem detalhado. Até mesmo o bacalhau pode ser trazido para o Brasil, também bem acondicionado e em embalagem original para identificação. A quantidade de todas as comidas deve se enquadrar para consummo próprio, e não revenda.

6. Não use o elétrico 28 no horário de pico e tenha sempre cuidado

Todo mundo que visita Lisboa quer andar pelo menos uma vez no famoso elétrico 28, os bondinhos amarelos clássicos que passeiam pelas ruas da capital e passam por pontos turísticos. Porém, ao escolher andar nele, evite os horários de “rush”, que vão das 7h30 às 9h30 e das 16h às 19h. Além disso, por ser muito turístico, recomendamos que você preste muita atenção aos seus pertences quando andar no elétrico 28, já que existem muitos batedores de carteira nesse meio de transporte.

Elétrico 28 de Lisboa

7. Não use salto alto em Lisboa

Mesmo que você ame sapatos de salto alto, deixe-os em casa, pois será extremamente desagradável andar com eles por Lisboa. Estamos falando de uma cidade com muitas ruas e calçadas de pedra, com MUITAS ladeiras enormes, e por isso o mais recomendável é levar os tênis mais confortáveis que você tiver. Além de ser cansativo (e até escorregadio), andar com salto alto será um perigo a mais para você, e pode trazer problemas para a viagem.

Sapatos de salto alto

8. Não viaje sem um seguro viagem nunca

O Seguro Viagem Internacional é obrigatório para entrar em Lisboa, Porto, Portugal ou qualquer lugar da Europa. Esta será a sua segurança de ter assistência médica, odontológica, cobertura por extravio de malas e mais dezenas de coberturas importantes. Se quiser, veja nossas dicas de como fazer um bom Seguro Viagem para Portugal por um bom preço. Só preste atenção em um item: para entrar na Europa, você é obrigado a ter um Seguro Viagem com cobertura mínima de 30 mil euros em assistência médica. Então escolha o seu seguro levando essa regra em consideração.

Família em Lisboa

9. Nao estacione em zonas improprias e exclusivas de residentes

É verdade que os portugueses têm o costume de parar os carros em qualquer lugar, inclusive em cima de calçadas em ruas menos movimentadas. No entanto, nunca faça isso, pois os policiais costumam fazer rondas (especialmente em locais mais turísticos) e multar os donos desses carros. Também há multas para quem para quem para na faixa de pedestres, em frente a parques e garagens, a 50 metros de cruzamentos, lombas e rotatórias, e em lugares reservados para deficientes.

Calçada de rua em Lisboa

Outra coisa ainda mais desconhecida é que muitas áreas mais residenciais têm estacionamentos na rua exclusivos para residentes. Mas não se preocupe, pois estes locais estão devidamente identificados com placas.

10. Respeite os lugares preferenciais

No metrô, ônibus (chamado em Lisboa de “autocarro”), trens (os “comboios”) e outros meios de transporte público, há lugares preferenciais, assim como no Brasil. Mesmo que eles não estejam identificados, é de bom tom dar lugar sempre para pessoas idosas, grávidas ou deficientes.

Metrô de Lisboa

11. Não deixe de alugar um carro

Uma dica importante é que alguns pontos turísticos, praias, cidades legais, vinícolas e o próprio outlet de Lisboa são um pouco afastados da cidade, e uma ótima opção para aproveitar melhor sua viagem é alugar um carro. Muitos brasileiros estão fazendo isso, pois você pode conhecer várias cidades lindas próximas, como Évora, Cascais, Sintra etc. Além de ter muito mais liberdade, e ser muito mais confortável – especialmente no alto verão e inverno, quando as temperaturas mais atrapalham a viagem. Se quiser, veja nossa matéria de como alugar um carro em Lisboa e Portugal, com tudo o que você precisa saber do assunto e dicas de como encontrar preços imbatíveis usando comparadores, para fazer o melhor negócio.
Família em carro

12. Ande com dinheiro em espécie

Muitas lojinhas, restaurantes mais simples e locais de forma geral não têm máquina para cartão – comumente referido em Lisboa como “Multibanco”. Por isso, tenha sempre um pouco de euros em mãos. Há caixas automáticos espalhados pelas ruas da cidade, ao ar livre, para quem precisa sacar dinheiro (inclusive, se precisar perguntar a alguém sobre onde encontrar uma máquina automática, utilize a expressão “levantar dinheiro”, e não “sacar” – que significa “roubar”!).

Euros em espécie

Muito mais dicas de Lisboa no Youtube!

Está gostando da matéria? Não deixe de visitar também o nosso canal no Youtube. Tem vários vídeos incríveis de Lisboa, com muito mais dicas, para te ajudar a planejar toda a sua viagem. Se quiser, clique aqui para se inscrever no canal ou aqui para ver a playlist com todos os vídeos de Lisboa. Esse vídeo é o mais assistido do canal:

Como usar o celular à vontade em Lisboa e na Europa?

Poder usar seu celular em Lisboa e na Europa, em geral, é algo extremamente útil e necessário, já que com ele você pode pesquisar sobre pontos turísticos, acessar os aplicativos deles, conferir a previsão do tempo e até usar o GPS, economizando o aluguel deste equipamento para o carro. Além de, claro, estar conectado nas várias redes sociais e WhatsApp! Por isso, selecionamos as melhores dicas de como usar o celular à vontade na Europa. É super barato e você vai poder usar seu celular o dia inteiro e em qualquer lugar, podendo pesquisar sobre o que não fazer em Lisboa.

Casal olhando celular

Dicas para aproveitar melhor sua viagem a Lisboa

Agora que você já viu tudo sobre o que não fazer em Lisboa, uma dica legal e que faz a diferença na viagem a Lisboa é escolher bem a localização do seu hotel. A cidade é enorme, e ficar em uma região perto dos principais pontos turísticos faz toda a diferença. Se quiser, veja nossa matéria de onde ficar em Lisboa, onde damos dicas das melhores regiões para se hospedar por lá e também de como conseguir um ótimo hotel por um preço excelente (e achar boas promoções).

Dicas para aproveitar melhor sua viagem a Lisboa

Dica dos ingressos e passeios mais baratos para todas as cidades de Portugal (com translado grátis!)

Temos duas super dicas para quem quer comprar os ingressos das atrações e fazer os passeios em Portugal. Portugal tem cidades mágicas, e existem passeios incríveis que o levam para conhecer essas cidades em um único dia. Nós conhecemos uma agência de passeios ótima que faz todos esses tours guiados de forma privativa (com carro e guia exclusivos!), a preços muito bons mesmo. Foi uma experiência excelente que tivemos, e há opções para cidades como Lisboa, Fátima, Sintra e Porto! Se quiser, veja a matéria em que explicamos essa super parceria de passeios privativos por Portugal. O preço é para grupos de três pessoas, mas pode-se viajar com mais ou menos gente, e o valor individual sai muito em conta. E usando nosso cupom, você ainda ganha um super desconto e o translado do aeroporto ao hotel grátis!

Palácio da Pena em Sintra, Portugal

Os ingressos para entrar nas atrações não estão inclusos nos passeios, mas se a pessoa quiser ir a alguma, eles ajudam a comprar lá na hora, sem problemas. Lembramos que é sempre mais barato comprar antes, pela internet, para evitar filas e não perder tempo de viagem. Nós já viajamos o mundo e sempre pesquisamos bastante sobre a questão dos ingressos. Nas últimas viagens utilizamos esse site de Ingressos da Europa, que vende ingressos para os principais pontos turísticos de Lisboa, Porto e de todas as cidades da Europa! Eles são um dos maiores vendedores de ingressos, o site está em português, é seguro, e o bom é que você compra todos os seus ingressos em um único lugar.

Veja outras matérias imperdíveis de Lisboa:

O que fazer em Lisboa: Principais atrações, passeios e lugares de Lisboa em Portugal.
Ingressos de Lisboa mais baratos:
 Onde comprar os ingressos das atrações turísticas.
Dicas para andar de trem na Europa: Melhores empresas, trajetos, onde comprar passagens super baratas e todas as dicas.

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *